Os deuses nunca estão certos.
 
InícioInício  PortalPortal  CalendárioCalendário  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe | 
 

 [RP] CLINOMANIA

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Agma de Alraune
Cavaleiros de Ouro
Cavaleiros de Ouro
avatar

Mensagens : 15
Data de inscrição : 02/08/2016

Ficha do personagem
HP:
800/800  (800/800)
CP:
800/800  (800/800)
Itens e Presentes:

MensagemAssunto: [RP] CLINOMANIA   Qua Nov 09, 2016 10:38 pm



O céu não apresentava nenhum foco anormal e o responsável, trasporta os corpos dentro do barco. Aparentemente, a situação foi propícia parra que dois espectros e um juiz se esbarrassem.

AGMA DE ALRAUNE, KYO DE GRIFFON E ELDETH DE ESFINGE



Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Agma de Alraune
Cavaleiros de Ouro
Cavaleiros de Ouro
avatar

Mensagens : 15
Data de inscrição : 02/08/2016

Ficha do personagem
HP:
800/800  (800/800)
CP:
800/800  (800/800)
Itens e Presentes:

MensagemAssunto: Re: [RP] CLINOMANIA   Qui Nov 10, 2016 12:24 am


Agma de Alraune



— Vocês deveriam ser mais inteligentes na próxima. - Resmungava o espectro se erguendo do pavimento tombado onde jazia sentado logo caminhando de queixo erguido e com os braços ornados por rosas espinhentas. Apesar delas serem pontiagudas como adagas, nada feria Agma e mesmo se quisesse, isso não seria possível. A verdade era que estava completamente fato ao dar-se a barganha de algum dia poder estar a frente de algo. Era obsessivo e queria poder e mais disso, odiava os juízes do inferno. Nem mesmo uma vez sequer, viu seus rostos, mas já manifestava profundo pudor e nojo. Talvez seja pelos prestígios do cargo ou então, Agma era só mais uma marionete mal-humorada.

Caminhou vagarosamente entre as pedras caídas como mísseis contra a terra, até fitar uma saída tal como uma luz moribunda naquela lugar para se livrar das pragas de sua prisão. Respirou sugando o leve ar fecundo do lugar ladrilhando o caminho enquanto avistava o barqueiro transportar os novos corpos sem alma que saudavam o imperador Hades. Não contivera o tamanho riso ao querer dizer quão desgraçadas cada uma eram. Sem exceções. Mais para frente elas realmente lamentariam terem partido sejam por razões justas ou não e com muito prazer fazia Agma, sorrir calorosamente.

Atirou algumas pétalas escuras contra a água coçando o couro capilar enquanto ficava na borda observando o barqueiro cobrar cada preço por um transporte. Acenou uma ou duas vezes antes que por fim dar-se a barganha de se sentar. Seu péssimo humor mudava o curso dos que perambulavam sonâmbulos contra suas próprias sombras do fogo infernal, enquanto o moreno erguia o dedo girando de forma aleatória :

— Ah, por favor. Vocês não desistem? Estão mortos! Quanto mais relutarem, será pior. Acredite, eu sei o que digo... - Resmungou atirando uma pedra morno pré-aquecida pelo aparente magna que pululava como veias por baixo de seus pés.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Seijuro de Gêmeos
Juízes do Inferno
Juízes do Inferno
avatar

Mensagens : 10
Data de inscrição : 16/07/2016

Ficha do personagem
HP:
600/600  (600/600)
CP:
600/600  (600/600)
Itens e Presentes:

MensagemAssunto: Re: [RP] CLINOMANIA   Qui Nov 10, 2016 1:37 am


Kyo de Griffon




Rotinas


Como já era de seu costume, Kyo ao menos uma vez por dia se dirigia até o Aqueronte para ver os novos mortos e tentar localizar alguém que pudesse ser de valor para Hades.


-Como eu imaginava... Ninguém que preste desta vez. Vocês! Encaminhem cada alma a sua respectiva prisão.


Kyo se dirigia a alguns espectros que andavam por ali. Aquela era uma tarefa simples, que qualquer um poderia fazer, mas Kyo fazia questão de manter seus subordinados ocupados. Algumas almas vinham até ele suplicando para que as levasse de volta a vida, mas tudo aquilo era em vão, pois Kyo afastava com seus fios qualquer um que se aproximasse dele em 20 metros. Tinha nojo daqueles seres por suas vidas sujas, as considerava indignas de pisarem no reino do Rei dos Mortos, mas em momento algum expressava tal desprezo.


Passando pelo barqueiro, Kyo recebe parte do dinheiro como tributo e acena com a cabeça, liberando-o para que pudesse buscar mais recém-chegados. Estava pronto para reportar a Hades sobre as novas almas quando vê ao fundo uma imagem um tanto quanto peculiar: um dos espectros sentado observando o rio. Se aproximando vagarosamente, o Juiz se mantém parado por alguns minutos atrás dele, esperando que o mesmo fosse fazer algo de útil. Ao perceber que estava errado, Kyo decide agir.


-Não acha que tem trabalho para fazer Alraune? Acredito que Lorde Hades não possui utilidade nenhuma para meros apreciadores de rios. Temos visitantes novos. Espero não vê-lo procrastinando novamente. Para sua sorte, não vou aplicar punição nenhuma, não me vale o tempo. Até porque... Me parece que você não é o único fugindo de seus afazeres...


Kyo dizia aquilo pois podia notar que mais um dos espectros poderia estar por perto, mas ainda não podia dizer quem era. Não tinha interesse em procurá-lo, até porque logo descobriria. Ou o espectro se revelaria ou alguma alma dentre as oito prisões ou os nove templos, depois de devidamente torturada, faria o favor de dizer quem se ausentava de seu posto.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Eldeth de Esfinge
Espectros de Hades
Espectros de Hades
avatar

Mensagens : 18
Data de inscrição : 30/10/2016

Ficha do personagem
HP:
800/800  (800/800)
CP:
800/800  (800/800)
Itens e Presentes:

Eu tentava chegar sorrateiramente, mas isso era impossível até que ao me aproximar um deles fala sobre nossos deveres e logo em seguida dou um sorriso. -Vem garoto vamos até eles! - Dizia para o mascote de seu Lord, já que estava cuidando do mesmo e para que nada aconteça eu resolvi levá-lo comigo.

-Eu havia acabado meus deveres, mas parece que há e sempre há, mas o que eu posso fazer eu estou aqui com vocês! - Dizia com um ar psicopático apenas sorrindo como uma criança já que seu humor estava bem melhor do que antes.
MensagemAssunto: Re: [RP] CLINOMANIA   Qui Nov 10, 2016 1:57 am

AQUERONTE
Esfinge
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Agma de Alraune
Cavaleiros de Ouro
Cavaleiros de Ouro
avatar

Mensagens : 15
Data de inscrição : 02/08/2016

Ficha do personagem
HP:
800/800  (800/800)
CP:
800/800  (800/800)
Itens e Presentes:

MensagemAssunto: Re: [RP] CLINOMANIA   Sex Nov 11, 2016 6:29 pm


Agma de Alraune



Quando menos esperou, Agma ouviu um sonido atravessar seus ouvidos não erguendo o rosto de imediato, apenas vendo o breu que se estendia ao seu redor. Sons de mais passos, pareciam vir e da mesma maneira se manteve de lábios lacrados e olhos fechados com força, como se sofresse de um pesadelo. O inferno parecia ser assim às vezes o pior de tudo, era que você vivia constantes pesadelos e nunca sabia como sair do novo diorama :

— Existem vários por aí. - Resmungou direcionando o rosto ao homem de cabelos cinzas, com uma das sobrancelhas erguidas soerguidas. O humilde espectro, jamais dava-se a remoer corpos, ele mesmo havia vindo de um lugar que admiravam os mortos e naquelas circunstâncias, admirar um rio era algo mais que promissor. Revigorante e outras babaquices, talvez. — Oh, estou livre então? Por favor Kyo! - Exclamou gravemente massageando as têmporas com os dígitos anular e polegar. — Um juiz por aqui, cuidando dos inúteis também é bastante útil, dou meus parabéns por Hades. Ele deve de admirar isso tanto quanto a sua cordialidade para iniciar algum diálogo. - Completou ostentando um tom rouco e direto. Os passos convergiram mais altos até por fim, denunciando uma jovem de cabelos azuis, pele alva igualmente a sua e de aspecto curioso.

Ninguém aqui sabe falar um simples olá? Pensava. Os olhos do moreno se direcionaram a ela, sério com um semblante que condenasse começar a perder o tempo. Afastou um fio preto proeminente que intervia a sua visão ainda assim, analisando a compleição juvenil e saudável, tinha saudades de seus dezessete anos :

— … Ah, claro que sim ahn… - Sua frase estava incompleta por tortuosos cinco minutos. O que ele poderia dizer desta vez? Que esqueceu o nome da jovem moça? De que, era péssimo ou não dava a mínima para nomes de batismo? Resolveu prosseguir mesmo que a seus desesperos internos, não soubesse a que chamar a alma, o corpo e detalhe chamativo :


— Isso é um fato que me pergunto até hoje, senhorita. Não sei se ligo ao fato de sermos mortos-vivos que pensam que podemos fazer mais de uma coisa ao mesmo tempo ou porque pensam que o nosso vigor é redobrado. - Comentou em um tom descontraído apesar de não conseguir desfazer a tamanha expressão de incômodo e dúvida. Curiosidade e desbravamento rugiam ferozmente dentro de Agma. Ele era incognoscível. Seus braços desceram conforme os ombros repousando sob o solo infértil, talvez o seu próprio lar fosse o seu ponto fraco, pensava com mais clareza. — Veja pelo lado bom, tem um juiz aqui. Não levará punições. - Riu com desdém, se imaginando como um marginal oportunista. As íris elevaram até as de ambos numa troca mútua de observação. Logo, fitou a besta que a garota portava um tipo que Agma não se interessava no entanto, havia algo mais incômodo naqueles olhos animais do que nos humanos controlando também, que um de seus dedos se atrevessem a tocar o animal :

Essa coisa morde? - Perguntou com os lábios torcidos e ombros encolhidos ameaçando fazer brotar alguma planta significativa.



Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Seijuro de Gêmeos
Juízes do Inferno
Juízes do Inferno
avatar

Mensagens : 10
Data de inscrição : 16/07/2016

Ficha do personagem
HP:
600/600  (600/600)
CP:
600/600  (600/600)
Itens e Presentes:

MensagemAssunto: Re: [RP] CLINOMANIA   Sab Nov 12, 2016 4:09 am


Kyo de Griffon



-Agma... Juro que não entendo seus atos... Sua insubordinação, desrespeito com seus superiores, procrastinação constante. Tudo isso é um mistério para mim. Mas não tenho interesse em saber. Apenas escute... Você, como um dos espectros de Hades possui responsabilidades dentro das oito prisões. Devido a isso, o mínimo que se espera de você é que...


Kyo dizia aquilo com uma das mãos no rosto, acenando a cabeça da direita para a esquerda. No fundo, o Juiz não esperasse que ele entendesse a importância de suas funções, e muito menos o propósito de tudo aquilo. Mas não havia tempo para explicações. Haviam coisas mais importantes a se preocupar. Enquanto falava com Agma, Kyo é interrompido por sons de passos que se aproximavam. O Juiz então se vira a vê Eldeth, que tentava se aproximar furtivamente, porém sem sucesso. Kyo dá um leve suspiro, ainda na mesma posição de antes.


-Saudações Eldeth. Vejo que está com o mascote de nosso mestre. Espero que esteja tratando-o bem. Sabe muito bem o quanto Hades aprecia esta criatura. Apenas tome cuidado...


Eldeth de Esfinge chega a comentar sobre a demanda incessante de trabalhos que havia para serem realizados naquele lugar. E de fato eram muitos. Aproximadamente 165 mil pessoas morriam todos os dias, ou seja, eram 165 mil pessoas para serem julgadas e encaminhadas às prisões diariamente, o que tornava exaustiva a vida de até mesmo alguém como os três Juízes do Inferno. Mas não havia nada a ser feito quanto a isso. Para Kyo, aquela havia sido a segunda chance que havia recebido por Hades, e não a desperdiçaria por nada. Agora que já havia cuidado, mesmo que indiretamente, da leva de almas, Kyo caminha até a beira do rio, olhando a movimentação de suas águas, mantendo-se de costas para os outros dois.


-A verdade... É que este é um lugar muito triste. Muitas almas chegam, a muito a se fazer em pouco tempo. Acredito... Que não é isso o que Hades deseja... Subir até o reino dos vivos e purificar o mundo de toda a maldade. Evitar que pessoas inocentes morram, que sejam maculadas com o pecado, tornar todos os seres puros e unificar os reinos. Mas peço que, se ainda há algum sentimento verdadeiramente puro dentro de seus corpos, por favor me ajudem a alcançar tal objetivo...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Eldeth de Esfinge
Espectros de Hades
Espectros de Hades
avatar

Mensagens : 18
Data de inscrição : 30/10/2016

Ficha do personagem
HP:
800/800  (800/800)
CP:
800/800  (800/800)
Itens e Presentes:

Eu abria um sorriso para eles um pouco psicopata e assim que Kyo terminou de falar eu logo me sento no chão mesmo e em seguida "respiro" fundo.

-Não preocupe ele está sendo bem tratado, apesar do pouco tempo que tenho para faze-lo não o deixo sair de perto de mim e bem eu até ajudaria em seu objetivo, mas os homens eles sim devem morrer além do mais eu fui largada no meio do casamento por um, mas nem para aquela que ele julgava amar também não foi tratada como devia e ele logo a traiu! - Dizia com raiva olhando com seus olhos como se estivessem pegando fogo.
MensagemAssunto: Re: [RP] CLINOMANIA   Sab Nov 12, 2016 5:31 pm

AQUERONTE
Esfinge
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: [RP] CLINOMANIA   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
[RP] CLINOMANIA
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Saint Seiya Future Generation :: Aqueronte-
Ir para: