Os deuses nunca estão certos.
 
InícioInício  PortalPortal  CalendárioCalendário  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe | 
 

 [FP] Atryos de Peixes

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Atryos de Capricórnio
Cavaleiros de Ouro
Cavaleiros de Ouro


Mensagens : 5
Data de inscrição : 04/08/2016

Ficha do personagem
HP:
400/400  (400/400)
CP:
400/400  (400/400)
Itens e Presentes:

MensagemAssunto: [FP] Atryos de Peixes   Sex Ago 05, 2016 10:23 pm


O poder é absoluto, a força é justiça.



Atryos



Nome : Atryos
Sexo : Masculino
Idade : 21
Veste : Noruega




Características físicas:

Atryos é a mais fiel personificação da pureza campestre e juventude. 1.80 metros de altura e 74 quilos conferem o jovem Cavaleiro contornos avantajados e magros, ocultos em grande parte dentro da armadura que traja. Sua pele é alva e compartilha o rubor das flores, sem marcas ou qualquer maltrato visível. Seus cabelos são Azuis claros e alcançam o final do torso com facilidade, pontuados em discretas ondas. Um vítreo olhar azul e amendoado mora em seu rosto, vizinho a um sorriso juvenil constante, embora de significado dúbio.


Características psicológicas:

Atryos é o total oposto de um ser pertencente a constelação de Peixes. Seu comportamento é o mais ofensivo e insano possível. O poder é a sua busca, sua maior importância, tendo assim traços fortes e medievais de comportamento. Sadomasoquista, suas intenções nunca são realmente reveladas quando esta em um campo de batalha. Seu temperamento altamente explosivo deixa marcas por onde passa, estamos falando de um filho da destruição, do paradoxo em pessoa, da força excessiva que lhe torna completamente imoral. Seus traços são marcados por um extremo jogo de interesses, nada lhe é visto como um favor, sempre algo será cobrado. Talvez o mais forte e difícil cavaleiro dourado, Atryos torna-se a cão louco do santuário. Não se enganem quando ao seu nome, previsível e descontrolado é a última coisa que o rapaz realmente é. Por mais que seus punhos falem mais do que suas palavras, Atryos recebeu uma característica marcantes: Altamente observador, seus olhos enxergam mais que o normal. Sabe exatamente onde deve se meter, como, e quando, tendo senso de realidade e perigo quando necessário. Não pode ser visto como um brutamontes, porém é tão ríspido e rude quanto um. Sua convivência com os demais cavaleiros tornou-se difícil, ocasionando em diversos embates por onde passou. Ainda assim, sua aura explosiva lhe permite um domínio no campo de batalha, utilizando das suas técnicas e poder destrutivo para vencer todos os seus inimigos. Juiz, aristocrata, sempre prefere fazer tudo sozinho, portanto a solidão lhe é a única força. Nunca precisou de ninguém. Esse coração de pedra pode surpreender a muitos quando o inesperado acontecer, nem sempre feições e réplicas rudes te transformam no pior de todos.



História:

Vinda de terras Nórdicas, Atryos desde pequeno demonstrou ser um paradoxo enorme para seus pais. A verdade é que havia nascido logo a baixo de uma constelação que a poucos havia se revoltado com os resultados que seus portadores estavam obtendo e na tal glória e fama que recebiam. Nascendo logo a baixo da estrela Alpha de Peixes, o jovem tornou-se uma criança extremamente ativa, sendo desenvolvido demais para a sua idade. peso, resistência, tudo o tornava diferente de todas as crianças da sua idade. Sua vida fora marcada por desastres vindos do seu cosmos que se manifestou cedo demais sem treino algum, e este foi o motivo por um grande desequilíbrio não só em sua vida mas assim como em uma vila Norueguesa onde morava. calmo, severo, suas brincadeiras não pareciam ser nada amistosas quanto a dos mesmos de sua idade, principalmente quanto as brincadeiras de “lutas” que todos meninos brincam em uma determinada idade.

Foram incansáveis vezes que ganhou surras inúmeras de seu pai por quebrar narizes, criar machucados em seus amigos, e quebrar coisas por ai. Outro fato marcante era a necessidade que ele tinha de mostrar o seu poder sua força, até que em descontrole seu cosmo queimou fazendo o mesmo atingir seu pai no ombro esquerdo, quebrando-lhe a clavícula. A partir de então o garoto fora visto como uma aberração por todos da vila, inclusive seus pais. Um jovem tão grande e forte como ele em tempos como aqueles não poderia ser visto como um bom sinal. Rejeitado, tornou-se solitário desde a infância, aprendendo a se virar sozinho quando muitas vezes viu seus próprios pais virarem-se contra ele graças ao seu diferencial. Sabendo que não era como os outros, o garoto fugiu de sua vila seguindo pelos caminhos com apenas uma trouxa de roupas, alguns pães e frutas que coletou.

Seguindo pelos caminhos, foi surpreendido por um grupo de saqueadores que avançaram contra o jovem espancando-o para roubar o pouco que tinha, porém o grande ápice foi a raiva intensa que sentiu quando a dor tomou todo seu corpo deixando-o em um estado de calamidade. Acolhido mais a noite um senhor, o jovem Atryos recebeu alguns remédios naturais e teve o corpo coberto por pomadas feitos de folhas, a dor era insuportável, a pior sensação que um dia experimentou. Seu corpo estava inchado, quebrado, sangrava na maior parte do mesmo enquanto tinha vários hematomas onde foi atingido. A dor era algo que pouco conhecia mesmo com surras do seu pai, era intensa, ele não poderia deixar aquilo passar.

Provido de uma forma de vontade enorme, o rapaz recuperou-se mais rápido do que o senhor chamado de Harron poderia imaginar. Teimoso, havia descoberto após algum tempo pelo local onde os larápios se escondiam e logicamente foi atrás deles para vingar-se. Só, deparou-se com pelo menos seis homens que mais uma vez surraram-no, porém desta vez a surra lhes custou a vida. Tendo uma ira muito forte, um cosmo extremamente hostil se revelou quando Atryos perdeu o controle, uma luz vermelha foi vista de longe quando o garoto em mais ou menos seus nove anos deixou seus homens feitos mortos em estado grave de espancamento. Um cosmo tão hostil seria facilmente reconhecido por qualquer cavaleiro que estivesse por perto, bastava conseguir sentir que algo envolvendo o uso da explosão dos cosmo estava acontecendo que um homem de aparência absurdamente estranha o encontrou. O mesmo trajava uma armadura em prata vivo, muito bem feita em todos os seus detalhes. Seu aspecto era majestoso, como se não pudesse temer ninguém.

O homem apresentou-se como Kahn, um cavaleiro de prata do Santuário de Athena que estava em curta missão para descobrir talentos já que o Santuário havia perdido grande parte do seu potencial com o sumiço da deusa. Apaixonando-se pelo poder que aquele homem demonstrava, o jovem Atryos não pensou duas vezes em aceitar a proposta de ir ao Santuário para aprender a controlar aquela ira e tornar-se mais forte não pelo seu ódio mas sim pelo seu potencial. Despedindo – se do velho Harron, o garoto rumou junto a Kahn para o Santuário onde passaria boa parte da sua vida a treinar.

Já dentro do Santuário, Atryos revelou-se como um diferencial grande demais para os demais aspirantes. Seu poder era destrutivo demais para um novato, sua resistência superava os limites, sua determinação parecia nunca acabar. Treinos árduos foram dados ao mesmo, sofreu intensamente deixando seu corpo muito marcado enquanto treinava junto a Kahn que logo ganharia uma das lendárias armaduras douradas pelo seu poder. Treinou junto ao homem até pelo menos seus quinze anos quando precisou se separar do seu mestre que seria mandado para uma grande missão quando indícios de que os deuses começavam a despertar se iniciaram, a verdade é que Kahn nunca mais voltou e aquilo foi o ponto crucial para que sua vida mudasse completamente.

Sendo chamado pelo Mestre do Santuário, Atryos recebeu a notícia da morte do seu mestre a combater fortes inimigos, mas uma noticia lhe foi dada: “ Estará oficialmente tomando o posto do seu mestre pelo seu desenvolvimento como cavaleiro e servente do Santuário.”

Recebendo um título como tal, Atryos recebeu treinos de diversos outros cavaleiros de maior escalão, até mesmo de alguns cavaleiro de ouro sabendo do futuro colega que havia sido assassinado. Os tempos passaram até que o estopim aconteceu com a volta dos perigos que tomariam a terra, estando em um patamar muito elevado, Atryos fora surpreendido por um brilho dourado que se revelou como a armadura de Peixes lhe cobrando o seu uso, a mesma havia mudado como muitos diziam por ai, estava com um espirito ardente, procurava alguém fora dos padrões comuns tanto de personalidade quanto de poder, precisando de alguém forte, destrutivo, que não se importasse mais com a beleza. A verdade era que a armadura de peixes estava cansada de ser deixada por pessoas que mesmo sendo muito fortes ainda sucumbiam quando não se dedicavam ao total poder e sim a sua beleza. Destemidamente, o brilho tomou o corpo do rapaz que vestiu a armadura de peixes ganhando novos poderes e aumentando o seu próprio com o passar do tempo.

As escadarias do santuário foram subidas e Atryos se apresentou como Atryos de Peixes, sendo a surpresa para todos do Santuário. O tempo se passou e agora as doze casas voltaram a ser completadas... vagarosamente, tomado pelo enorme poder que havia ganho não só pela armadura mas pelos seus esforços, o nome “Atryos” passou a ser temido e visto como motivo para glória criando uma ligação muito grande entra cavaleiro e armadura, Atryos havia dado a sagrada armadura dourada de peixes o que ela tanto queria. Agora o último dos cavaleiros das doze casas seguia Athena junto aos demais para proteger uma nova era de desastres que se formou.



Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Ruler
Deuses
Deuses
avatar

Mensagens : 65
Data de inscrição : 26/04/2016

MensagemAssunto: Re: [FP] Atryos de Peixes   Sex Ago 05, 2016 10:28 pm

App.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://saintseiyasigmacodex.forumpratodos.com
 
[FP] Atryos de Peixes
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Maior precisão do relógio com várias janelas abertas
» Antigo Viveiro de Peixes

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Saint Seiya Future Generation :: Fichas Aceitas-
Ir para: